Por ti

Movo montes, corro mundo,
Ouso ao vencedor vencer,
Birro, berro em tom facundo
Por um segundo p’ra te ver.
 
Seco os mares, a Terra inundo
E o que é rápido torno lento.
O pólo norte ao sul ajunto
Só para te ter um momento.
 
Do teu semblante o mais lindo,
Em fúlgida entoação
Canto a todos o que sinto
Com a fúria de um vulcão.

Sobre Sérgio O. Marques

Licenciado em Física/Matemática Aplicada (Astronomia) pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto e Mestre em Matemática Aplicada pela mesma instituição, desenvolvo trabalho no PTC (Porto Technical Centre) - Yazaki como Administrador de bases-de-dados. Dentro o meu leque de interesses encontram-se todos os temas afins às disciplinas de Matemática, Física e Astronomia. Porém, como entusiasta, interesso-me por temas relacionados com electrónica, poesia, música e fotografia.
Esta entrada foi publicada em Poemas. ligação permanente.

Uma resposta a Por ti

  1. Nantília diz:

    Obrigado pelo comentário que fez no meu blog.
    Gostei do seu espaço e da diversidade dos seus interesses.
    Da geometria… da música.
    Mas…sobre este poema: cante, mas não cante
    com a fúria do vulcão porque sujeita-se a não ser entendido…
    O que importa é que cante, se lhe dá prazer e alegria.
    Também já fui muito cantadeira. Cantava quando estava contente,
    quando estava triste,… Agora…nem tanto. São fazes da vida.
    Bom fim de semana. Seja feliz, muito feliz!
    Nantília

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s