Uma conversa interessante

-Um abraço. Despede-se do cão
O burro. – Amanhã, – continua
– Aparece com o teu camião
No fundo da minha rua.
-Fica combinado. – Responde o cão,
Despedindo-se com um aceno.
O burro sai então. O clima ameno
Deixava vontade de passear.
O boi, que ia por ali a passar,
Não tardou em cumprimentar
O burro. – Bom dia! – diz:
-Com um dia como este
Toda a gente anda feliz.
Trauteava alegre como um petiz.
Responde o burro: – tudo é relativo.
-Dizia-o reflectido.
Só existe felicidade
Quando também há tristeza
E essa é uma grande verdade.
É da própria natureza.
O boi, atarantado, expõe seu pensamento:
– Todo o conhecimento
Tem carácter absoluto.
Expunha-se, o boi, resoluto.
Cada qual, com a sua experiência,
Com religião ou com ciência,
Ou até com a própria vivência
Vai calcorreando os intrincados trilhos
Desse imenso infindo campo
Do qual tão pouco se sabe entretanto.
O burro emudecera perplexo
Durante um curto espaço de tempo.
Returque então com contentamento:
Aquilo que se sabe agora
Depende, de alguma maneira
Daquilo que se soube outrora.
O que hoje é certo, amanhã é errado,
O que hoje é erro, amanhã é acertado.
Só há segunda se houver primeira.
O boi não ficara convencido:
– A existência, por si só, é absoluta.
Não se mede relativamente a nada,
Segue indiferente e resoluta.
Escutava o burro apreensivo
Com a resposta estudada.
Prossegue o boi com firmeza:
Se segue para a frente ou para trás
Se vai direita ou anda torta,
Se anda em guerra ou está em paz,
Isso tampouco importa.
O importante é que existe e é.
-Mas isso tudo é relativo…
-Absoluto!
Interrompr o boi que é astuto.
-Relativo!
Diz o burro assertivo.
-Absoluto!
-Relativo!
-Aboluto!
-Acabemos esta conversa,
Pois enjoa e sabe a pouco.
Diz o burro já cansado.
Passemos, então, pela taberna
Para bebermos um copo.
Seguiram ambos de passo apertado
Para o boteco ali ao lado.
Tomaram a melhor decisão,
Tal conversa a ninguém interessa.
Não tem conteúdo, aplicação
Nem nada que se pareça.

Sobre Sérgio O. Marques

Licenciado em Física/Matemática Aplicada (Astronomia) pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto e Mestre em Matemática Aplicada pela mesma instituição, desenvolvo trabalho no PTC (Porto Technical Centre) - Yazaki como Administrador de bases-de-dados. Dentro o meu leque de interesses encontram-se todos os temas afins às disciplinas de Matemática, Física e Astronomia. Porém, como entusiasta, interesso-me por temas relacionados com electrónica, poesia, música e fotografia.
Esta entrada foi publicada em Poemas. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s