Cones, toros e suas curvas

No texto Dois tipos de curvas fiz referência às curvas, ditas cónicas, geradas pela intersecção do cone por um plano e à lemniscata que resulta da intersecção de um tipo particular de toro com um plano estrategicamente escolhido. Estas curvas planas surgem com propriedades específicas, destacando-se pontos notáveis com a designação de focos. Como foi um texto com carácter descritivo, decidi escrever o texto Cones, toros e curvas associadas onde apresento uma visão algébrica destes conceitos e a sua relação com os sólidos em questão, deixando de fora um estudo das suas propriedades geométricas. Neste texto, as curvas surgem das suas propriedades no plano relativas às distâncias focais e mais tarde são comparadas à intersecção dos respectivos sólidos por um plano. No caso do cone, é estudada a intersecção com qualquer plano. No que concerne ao toro, apenas é feito o estudo da intersecção do mesmo por um plano paralelo ao eixo de simetria.

Sobre Sérgio O. Marques

Licenciado em Física/Matemática Aplicada (Astronomia) pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto e Mestre em Matemática Aplicada pela mesma instituição, desenvolvo trabalho no PTC (Porto Technical Centre) - Yazaki como Administrador de bases-de-dados. Dentro o meu leque de interesses encontram-se todos os temas afins às disciplinas de Matemática, Física e Astronomia. Porém, como entusiasta, interesso-me por temas relacionados com electrónica, poesia, música e fotografia.
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s