Cornucópia mamalhuda

Tripas de fora
Cabelos em pé
Uma pinça na escora
Rabanadas com puré
Empadas esfarrapadas
Fuligem da chaminé
Doi cães escarpados
Voo de libelinha
Vinho na pipa
Peido de doninha
Rochedos espancados
Com uma ripa
Chimpanzés apaixonados
Por coisa bonita
Um gato ciano
Um rato amarelo
Botas de piano
A servir de chinelo
Cartas de tinta
Tinteiros de pasto
Erva que pinta
Um daninho nefasto
Uma grosa de pregos
Enfiados na areia
Felizes e ledos
Com diarreia
Mofa a catinga
Num charco de terra
Água que pinga
Se não emperra
Uma camisa
Em forma de flauta
Uma panela lisa
Com pernas de pauta
Cheiro a xadrez
Polido de milho
Rabo de rês
Ao longo do trilho
Tábulas redondas
Com laços na crina
Tontos e tontas
Pulando-as em cima
Limonada de galhardete
Para animar dissidentes
Flores em ramalhete
No aparelho dos dentes
Cornifoliado
No meio do Nilo
Um bolo folhado
Vendido ao quilo
Estojo de estilo
Ora bem ora mal
Isto e aquilo
Et caetera e tal

Sobre Sérgio O. Marques

Licenciado em Física/Matemática Aplicada (Astronomia) pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto e Mestre em Matemática Aplicada pela mesma instituição, desenvolvo trabalho no PTC (Porto Technical Centre) - Yazaki como Administrador de bases-de-dados. Dentro o meu leque de interesses encontram-se todos os temas afins às disciplinas de Matemática, Física e Astronomia. Porém, como entusiasta, interesso-me por temas relacionados com electrónica, poesia, música e fotografia.
Esta entrada foi publicada em Poemas. ligação permanente.

Uma resposta a Cornucópia mamalhuda

  1. Céu diz:

    Que este Natal traga em sua eterna magia, a realização de todos os desejos e deposite em cada sapatinho, saúde, felicidade e muito amor!Que se iluminem os rostos das crianças diante do brinquedo mais apetecido, que nascem sorrisos nos lábios de quem amamos e que cada lagrima caída, seja de alegria…Que as palavras sejam ditas suavemente no calor de um abraço ou na doçura de um beijo e quecada gesto seja uma caricia na alma…Para todos aqueles que passam no Cantinho da Céu e que de alguma maneira completam minha alma, todos aqueles que apesar de eu não conhecer, deixam uma palavra amiga e para aqueles que passam em silencio…Para quem amo, para quem me ama e também para quem não sente nada… Para os conhecidos e desconhecidos…para o mundo inteiro…Desejo do fundo do coração que este Natal seja cheio de Paz, Alegria e Amor…muito Amor!!Um Santo e Feliz Natal…Beijo terno para ti Sérgio!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s